Histórico: Participación de Isabel Pires nas actividades do CCG

----

Isabel Pires

Biografía de Isabel Pires


"Universidade do Porto. Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa
Isabel Pires de Lima é professora Catedrática da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde ensina Literaturas de Língua Portuguesa desde 1974 e onde se doutorou em Literatura Portuguesa, em 1987, com a tese As Máscaras do Desengano - Para uma leitura sociológica de "Os Maias" de Eça de Queirós (Lisboa, Editorial Caminho, 1987).

Professora convidada em Universidades europeias, americanas, asiáticas e africanas. Coordenadora da equipa portuguesa da Universidade do Porto que colaborou no projecto Lettres Européennes - Histoire de la Littérature Européenne (Paris, Hachette, 1992), das equipas que organizaram o Iº Encontro Internacional de Queirosianos (Eça e "Os Maias", Porto, Edições Asa, 1990), o Colóquio Antero de Quental e o Destino de uma Geração (Porto, Edições Asa, 1993), o Encontro "Neorealismo/Neorealismos" (Vértice, nº 75, Dezembro de 1996), o Colóquio Internacional Eça de Queiroz - 150 anos do nascimento (Câmara Municipal de Sintra, Vária Escrita,nº4,1997), o Encontro "Seara Nova - Razão/Democracia/Europa - Textos e Contextos"
(Câmara Municipal de Matosinhos/Casa Museu Abel Salazar, 1998), a série de colóquios “Outras Faces de Eça de Queirós – um mês com Eça centenário” (FLUP 2000) e o Colóquio Internacional Viagem do Século XX em José Gomes Ferreira (Porto, Campo da Letras - Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2002).

Jurada de várias edições dos Grandes Prémios APE do Romance, do Conto, da Literatura Biográfica e do Ensaio, do Prémio Correntes de Escritas da C.M. da Póvoa de Varzim, do Prémio Vergílio Ferreira da Universidade de Évora, dos Prémios Jacinto do Prado Coelho e Consagração da Associação Internacional de Críticos Literários, do Prémio Pen Clube e do Prémio Camões dos Ministérios da Cultura de Portugal e do Brasil Comissária Científica do Instituto Camões para o “Encontro de Literaturas Ibero-Americanas”, organizado no âmbito da VIII Cimeira Ibero-Americana de Chefes de Chefes de Estado e de Governo (Porto, 16-7 de Outubro de 1998) e para a acção “Eça de Queirós entre milénios: Pontos de olhar”(Havana, Paris, Rio de Janeiro, S. Paulo, Porto Alegre, Recife, Belo Horizonte, Brasília, Bristol, Montevideu, Buenos Aires, Santiago do Chile, 2000/1) de comemoração do centenário de Eça de Queirós no estrangeiro.

Isabel Pires de Lima integra a equipa de investigadores encarregada pelo MC da preparação da edição crítica da obra completa de Eça de Queirós, o conselho de redacção da revista Queirosiana e o colectivo que produziu o Dicionário de Eça de Queiroz, coordenado por Campos Matos (Lisboa, Editorial Caminho, 1988; 2ªed., 1994; Suplemento, 2000). Foi membro da Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário de Eça de Queirós, nomeada pelo MC. Publicou Retratos de Eça de Queirós (Porto, Campo das Letras / Fundação Eça de Queiroz, 2000), editou A emigração como força civilizadora (Lisboa, Publicações Dom Quixote, 2000), editou e prefaciou O Crime do Padre Amaro com ilustrações de Paula Rego (Porto, Campo das Letras, 2001) e Visualidades – A Paleta de Eça de Queirós (Porto, Árvore–Cooperativa de Actividades Artísticas - Casino da Póvoa, 2008).Pertence aos corpos directivos da Associação Internacional de Lusitanistas, da Fundação Eça de Queiroz e da Cooperativa Árvore e ao Conselho Consultivo do Festlatino (Festival Internacional de Culturas e Literaturas Neolatinas–
Brasil).
Ministra da Cultura do XVIIº Governo Constitucional (2005-2008). Deputada à Assembleia da República nas VIIIª, IXª e Xª Legislaturas (1999-2005/2008-2009)."

Publicacións nas que participou Isabel Pires

Materiais de Isabel Pires